‘De Corpo e Alma’

Novela com Daniella Perez não foi reprisada 

Novela escrita por Glória Perez, mãe de Daniella, nunca foi exibida no "Vale a pena ver de novo" 

Sucesso interrompido

"De Corpo e Alma", escrita por Glória Perez, mãe de Daniella Perez, ficou em exibição de 3 de agosto de 1992 a 5 de março do ano seguinte. O sucesso permaneceu interrompido cerca de dois meses após o falecimento de Daniella, vítima de um assassinato.

 A morte

Daniella Perez, atriz e dançarina, faleceu no dia 28 de dezembro de 1992. A atriz do grande sucesso da rede Globo, "De Corpo e Alma", foi assassinada pelo seu par romântico na novela, chocando todo o Brasil.

Os assassinos 

O ator Guilherme de Pádua e sua esposa, Paula Nogueira Thomaz, foram os responsáveis pelo assassinato. O caso gerou grande repercussão na época e agora é relembrando na série "Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez", da HBOMAX.

Autoria de Glória 

Essa foi a primeira novela escrita unicamente por Glória Perez, que antes havia trabalhado em parceria com grandes novelistas como Janete Clair e  Aguinaldo Silva. Mesmo após o falecimento de sua filha, a autora seguiu escrevendo a produção. 

185 capítulos 

A produção teve, ao todo, 185 capítulos, como aponta o CineBuzz, e nunca foi reprisada na televisão. Não existem comprovações de que foi Glória quem proibiu a exibição da novela, mas a Globo não reprisaria a produção, em memória de Daniella. 

TEXTO: Redação
REVISÃO: redação
EDIÇÃO: MARCOS SOUZA
SUPERVISÃO: VITOR BALCIUNAS 
Créditos: hbo max | arquivo pessoal