Filmes que
extrapolaram

os limites da ciência (parte 2)

Desafios da física acontecem o tempo todo em Hollywood

6. 2012

Um astrofísico descobre uma tempestade solar, o que aumenta
 A temperatura do núcleo da Terra em virtude da
transformação dos neutrinos. Na vida real, nosso planeta
viraria carvão tão rápido que não daria tempo para todos os
acontecimentos desastrosos do filme

7. O Sexto Dia

Num futuro próximo, qualquer tipo de ser vivo pode ser
clonado, mas a prática ainda é ilegal para humanos. Quando
isso acontece, as duplicatas têm o mesmo tempo de vida e
possuem uma cópia da mente do original. Algo totalmente
impossível 

8. Star Wars
(novamente...)

Mais uma vez ‘Star Wars’ vai aparecer nesta lista. Triste, não?
 Só se os Jedis conseguissem ser mais rápidos que a luz para
desviar dos lasers dos sabres. Será? No espaço você não
conseguiria ver esses feixes.

9. Superman (1978)

Mesmo que o Homem de aço existisse e fosse capaz de fazer
com que a Terra girasse, ele teria feito errado em Superman
(1978). Isso porque ele movimentou o globo para o lado
errado, ou seja, ele voltaria no tempo. Ciência básica!

Mentirinhas permitidas

Mas, mesmo com todos os erros vistos pelas investigações
científicas, os filmes são um sucesso, e precisam ignorar
certas coisas para fazer com que funcione. E funciona! A
magia no enredo é permitida e vale tudo para trazer o
espectador para dentro das telonas

TEXTO: Daniel Bydlowski, cineasta
REVISÃO: FABIO PREVIDELLI 
EDIÇÃO: CAROLINE DUARTE
SUPERVISÃO: VITOR BALCIUNAS 
FOTOS:: Divulgação / Pixabay