O que diz a
Abercrombie & Fitch

sobre passado discriminatório
da marca

Assunto é tratado no documentário da Netflix “
Abercrombie & Fitch: Ascensão e Queda”.

Ascensão e queda

Em abril, o documentário “Abercrombie & Fitch: Ascensão e
Queda” entrou no catálogo da Netflix. A produção mostra os
bastidores sobre o crescimento da marca no final dos anos
1990 e início dos anos 2000.

Polêmicas

Na mesma medida que a A&F dominava as vitrines das lojas de
shoppings centers, surgiram polêmicas sobre um império
construído a base da exclusão e descriminação.

Outro cenário

Com o assunto vindo à tona, a CEO da Abercrombie & Fitch,
Fran Horowitz, publicou uma nota oficial nas redes sociais
da marca apontando que, hoje, a companhia se tornou
acolhedora e inclusiva para todos.

Elementos
problemáticos

“Embora os elementos problemáticos daquela época já
tenham sido alvo de amplas e válidas críticas ao longo dos
anos, queremos deixar claro que são ações, comportamentos
 E decisões que não seriam permitidas ou toleradas na
empresa agora”, diz um trecho da nota.

No passado

Horowitz ressalta que a visão elitista vinha de uma
liderança que hoje não tem mais nenhum envolvimento com
 A A&F, alegando que a companhia evoluiu nesse aspecto com
o passar dos anos. 

TEXTO: Thiago Lincolins
REVISÃO: Thiago Lincolins
EDIÇÃO: CAROLINE DUARTE
SUPERVISÃO: VITOR BALCIUNAS 
FOTOS: Pixabay